Voa baixinho

Voa baixinho.jpg

Voa o povo em bando

No território nacional

Vota de vez em quando

Pr’alimentar o arraial

 

Que depois vai secando

Nosso imenso pantanal

E de tanga passeando

Já se vê o pessoal

 

Para outros vai sobrando

Quase todo o vil metal

E alguns não se lembrando

 

Fizeram saque monumental

Este povo é tão brando

Só pode ser em Portugal.

publicado por poetazarolho às 00:10 | link do post | comentar