O meu universo

O meu universo.jpg

A loucura controlada

Fez expandir o universo

Acabei numa esplanada

Em busca do meu inverso

 

Um copo de bebida gelada

Fazia parte do processo

Minha alma ficou pasmada

Com o estrondo do sucesso

 

Ouviu-se sonido estridente

Resultado dessa explosão

Deu-se o big bang pessoal

 

Expandi-me loucamente

P’lo universo em contramão

A uma velcidade abismal.

publicado por poetazarolho às 07:08 | link do post | comentar