Lideranças

 

E é o povo que paga

Cambada d'ignorantes

Nada fica como estava

Fica tudo como dantes

 

Mundam-se as lideranças

Lindas gamelas doiradas

São das cadeiras as danças

Quais poltronas enfeitadas

 

Ó santinho padroeiro

Lança aqui a tua luz

P'ra iluminar Portugal

 

Eles que pensem primeiro

No que a política induz

Tenham consciência social.

publicado por poetazarolho às 21:53 | link do post | comentar