Izabel lucky girl

Izabel lucky girl.jpg

Estava triste em Cinfães

O tédio a atormentou

Mas depois tudo mudou

Foi ali a Nova Orleães

 

Ouviu Jazz nos coretos

Viu até a parade gay

O que mais viu, não sei

Mas mudaram os afectos

 

Izabel tem muita sorte

É do reino da psicologia

Traça p´rá vida o norte

 

Assim da noite p´ró dia

Não há Cinfães qu’a conforte

Nova Orleães traz-lhe alegria.

publicado por poetazarolho às 11:12 | link do post | comentar