Inconsequente

Inconsequente.jpg

“Que o não vi de forma igual”

Pois senti algo diferente

Foi um apelo intencional

Bem nutrido e permanente

 

Que apelava ao fim do mal

Para alojar em cada mente

Foi julgado inconstitucional

Pois seria deprimente

 

Sem mal não haveria o bem

Faces da moeda corrente

Fruto da nossa existência

 

Agora já existe também

Duma forma consistente

Existir sem consequência.

publicado por poetazarolho às 14:40 | link do post | comentar