Fragrâncias

Fragrâncias.jpg

Entre puta e meretriz

Há uma grande distância

Perceptível pelo nariz

Sentida que é a fragrância

 

Uma circula no duro

Entre vielas e barracões

Outra em estado puro

Por entre luxuosos salões

 

Duma não reza a história

Por exercer a profissão

Que é a mais velha do mundo

 

A outra merece glória

Pois tem enorme aceitação

Nesse ambiente jucundo.

publicado por poetazarolho às 23:32 | link do post | comentar