Fora do círculo

Open mind.jpg

Fora do círculo voar

Sob estrelas em cintilação

O céu azul observar

E de Marte a vermelhidão

 

Nunca te irás afundar

Em oceanos de psicologia

Lá tens ondas p’ra surfar

Usa pranchas de fantasia

 

Nunca enganam o olhar

Tornam claro o pensamento

Eliminando alguma barreira

 

Não vês razão para falhar

Caos é votado ao esquecimento

Círculo deixa de ser a fronteira.

publicado por poetazarolho às 16:43 | link do post | comentar