Carta de corso

Carta de corso.jpg

Louros da vitória almejo

No respeito plo adversário

Pilhar por pilhar não desejo

Pois tenho carta de corsário

 

Grande festa no fim antevejo

Tendo o rum por corolário

Nunca aguardo um ensejo

Não sou pirata de aviário

 

Tenho artes d’espadachim

Não tenho pala na vista

Na prancha não faço dançar

 

E a festa termina assim

Sem uma hora prevista

Mas sempre à luz do luar.

publicado por poetazarolho às 04:47 | link do post | comentar