As voltas

As voltas.jpg

“Indo à procura de mim…”

Pelas vielas e calçadas

Onde me perderei por fim

Pois lançam novas estradas

 

Nunca pude ser assim

Nas velhas e esburacadas

Mas não lamento, enfim

As voltas que foram dadas

 

E mais voltas que darei

Onde finalmente perdido

Nas marcações dum fandango

 

Enquanto isso imaginarei

Ser um artista entendido

Nas voltas que são do tango.

publicado por poetazarolho às 17:04 | link do post | comentar