Amigos do po(l)vo

Amigos do polvo.jpg

Era grande a teoria

Da pequena conspiração

Quando nada se sabia

Eis a maior revelação

 

Era obra da maçonaria

O destino desta nação

Bilderberg reunia

E ao povo em negação

 

Mais nada lhe assistia

Que fazer a revolução

E então no mesmo dia

 

Saiu de cravo na mão

Pobre povo não merecia

Mergulhar na podridão.

publicado por poetazarolho às 11:22 | link do post