Admiráveis discursos

Admiráveis discursos.jpg

O amor à humanidade

Não tem côr e não tem raça

Não existe superioridade

Nada justifica a devassa

 

Mas há em bicos de pés

Quem se advogue soberano

Devia olhar-se de vez

Antes do cair do pano

 

É neste palco acirrado

Que sobe de tom o ruído

E se torna insuportável

 

Mas existe o outro lado

Onde o discurso proferido

É tão correcto e admirável.

publicado por poetazarolho às 23:02 | link do post