Actualizações

Actualizações.jpg

Este foi o derradeiro

De muitos que hão-de vir

Segue-se por fim o primeiro

Que ainda está por decidir

 

Será um momento inteiro

Se chorar não é pra rir

Depois segundo e terceiro

Surgem sempre a seguir

 

Nesta vida baralhada

Já não lembro de mim

Na actual configuração

 

Memória reconfigurada

Quantos estarão assim

A sofrer uma actualização.

publicado por poetazarolho às 20:50 | link do post | comentar