Emigração

 

Neste nosso Portugal

Evoluiu a emigração

Antes ias com o bornal

E às costas o garrafão

 

Agora com ar doutoral

E uma pastinha na mão

Deixas tua terra natal

Com canudos e a ilusão

 

Antes de comboio partias

Agora embarcas no avião

A Paris antes chegavas

 

E no bidonville vivias

Sempre em busca da condição

Que na pátria não encontravas.

publicado por poetazarolho às 22:47 | link do post | comentar