Novos pobres

 

Os novos-ricos criámos

Endinheirados pela CEE

Mas os fundos esgotámos

Para verem como isto é

 

Há agora os “novos pobres”

Com certificado presidencial

Que nunca chegarão a nobres

E cujos filhos passam mal

 

Não aguentam a austeridade

Mas muita mais aí vem

Com certificado internacional

 

Não sejas piegas nem alarde

Senão consegues passar bem

Faz favor de passar mal.

 

http://economico.sapo.pt/noticias/e-impossivel-impor-mais-austeridade-aos-novos-pobres_139246.html

publicado por poetazarolho às 23:55 | link do post