Candidato africano


Passos Coelho está frito
Diz o douto prof Marcelo
Isso não será nada bonito
Mas surge o apelo singelo

Sou o candidato africano
Apesar de ser branquinho
Poderei até ser mexicano
Se isso der votos eu alinho

Na culinária da campanha
Tivemos o coelho à caçador
Agora já ninguém estranha

Se a próxima comidinha
Fôr um chili retemperador
Ou uma muamba de galinha.
publicado por poetazarolho às 16:43 | link do post | comentar