Linda vaquinha


Corte histórico na despesa
Tem data e hora marcada
A malta vai ficar toda tesa
Depois não pode pagar nada

É chamada de despesa zero
Não é da troika é mais além
E o orçamento eu cá espero
Que seja base zero também

Assim ficamos todos a nulos
E ninguém se poderá queixar
Que andam por aí uns chulos

Fartos de nos andar a roubar
Mas eles é que vão ficar fulos
Por a teta da vaca estar a secar.
publicado por poetazarolho às 06:15 | link do post | comentar