Por feitos tais

Por feitos tais.jpg

"Todos temos que morrer..."

Com excepção dos imortais

Aqui vão permanecer

Por força de feitos tais

 

Transcendem linhas do ser

São desiguais entre iguais

Às vezes sem perceber

A força dos seus sinais

 

Outros imortalizados

Por força das ocasiões

A exigir branqueamento

 

São generais e não soldados

Esses morrem aos milhões

Nem desfrutam o momento.

 

publicado por poetazarolho às 13:22 | link do post