Segunda-feira, 13.07.20

Prova dos nove

Prova dos nove.jpg

Parábola não sabe nadar

Hipérbole nunca desiste

Cateto pôs-se a marchar

Triângulo de pé em riste

 

Derivada sempre a andar

Integral ainda persiste

Aristóteles ficou a pensar

Pitágoras quedou tão triste

 

E a boa da Dulcineia

Aproveitando a distracção

Entre batalhas escapuliu

 

Quando a coisa ficou feia

Eis que surge o tal dragão

E o Neptuno então sorriu.

publicado por poetazarolho às 20:04 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 12.07.20

Impressos

Impressos.jpg

Há um mas que bate à porta

Porque a alma não vendes

Vendes a quem? Não importa

Não importas se não entendes

 

Mas estando a alma morta

Não existe o que pretendes

Caminhamos por rua torta

Morta a alma que mais tendes?

 

Muito importa a evolução

Muito menos a dignidade

Mas sobretudo há a canção

 

Onde se canta a saudade

Dos novos tempos que trarão

Almas impressas em felicidade.

publicado por poetazarolho às 16:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Favorito

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Julho 2020

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds

blogs SAPO