Revisão

 

São como a constituição

As pessoas deste povo

Fruto duma revolução

E um contratempo novo

 

Vamos revê-las então

Por maioria qualificada

Ambas assim passarão

A não significar nada

 

Teremos caminho aberto

Para a reforma do estado

Passando a ser bestial

 

O caminho descoberto

Para agradar ao mercado

Destruindo o social.

publicado por poetazarolho às 20:08 | link do post | comentar | ver comentários (1)