Tomada da pastilha

 

A tomada da pastilha

Está prestes a ocorrer

Será contra a matilha

Que nos anda a corroer

 

Com sabor a baunilha

Mascá-la será um prazer

Que se ponha a uma milha

Quem não conseguir correr

 

Prevejo grande loucura

Em todo este processo

Com os balões a rebentar

 

Pastilha tornar-se-á dura

Será arma de arremesso

Creio que não vai tardar.

publicado por poetazarolho às 21:40 | link do post | comentar | ver comentários (1)