Domingo, 06.01.13

Sem punição

 

Melhores dias virão

E piores com certeza

Muitos enriquecerão

Uns cairão na pobreza

 

Mas não é deve e haver

O busílis da questão

Estou mesmo em crer

Ser de outra dimensão

 

Como falta d’inteligência

Para assumir a governação

O que nos está a afundar

 

E laivos de negligência

Sem qualquer punição

Também estão a ajudar.

publicado por poetazarolho às 19:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 03.01.13

Estatística da nação

 

País de parcas reformas

Trezentos euros mensais

Mas deixam suas marcas

Pois é dinheiro demais

 

Não dá p’ró medicamento

Nem chega p’rá habitação

Mas chega para o sustento

Dos chulos desta nação

 

Acima da possibilidade

Por cá se vai vivendo

E esvaziando o país

 

Por causa da equidade

Alguns têm de ir morrendo

A estatística assim o diz.

publicado por poetazarolho às 23:47 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 01.01.13

Pai do Adamastor

 

Anunciará o ano novo

Cá o nosso presidente

Mas que dizer ao povo

É tudo tão deprimente

 

Evocar passado de glória

Que nos deu meio mundo

Tentar inverter a história

Deste presente imundo

 

Alimentar monstro estado

Que se tornou arrasador

E nos deixa sem tostão

 

Regressemos ao passado

Procuraremos o Adamastor

Revivamos a superstição.

publicado por poetazarolho às 22:02 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Favorito

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Janeiro 2013

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
17
19
20
23
24
26
28
30
31

subscrever feeds

blogs SAPO