Domingo, 02.09.12

Sem vergonha

 

Não são corruptos senhora

Perdoai aos delatores

Que falaram fora d’hora

Contra os senhores doutores

 

Eles têm um poderoso dom

Mas é um poder inato

Transforma mau em bom

E faz aumentar o estrato

 

Não é ilícito enriquecer

Na sociedade actual

Que parece decidida

 

Em a vergonha esquecer

Que a vergonha afinal

É ficar pobre tod’a vida.

publicado por poetazarolho às 17:46 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sábado, 01.09.12

Alternantes

 

Passos foi a São Bento

Mas não é p’ra alternar

Observando o momento

Deve ser p’ra nos lixar

 

O Coelho de mansinho

Passou-lhe a mão p’lo pêlo

Coitado do Zé Povinho

Não se livra do novelo

 

Cada vez mais enleado

Na trama escorregadia

Das alternância constantes

 

Meu povo foste enganado

P’la bendita democracia

Que te oferece alternantes.

publicado por poetazarolho às 00:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Setembro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
17
19
25
27
29

subscrever feeds

blogs SAPO