Salvar Portugal

 

Existem muitas recitas

Não passam de intenções

Algumas foram eleitas

Para salvar as nações

 

Mas estando a afundar

Já não geramos riqueza

Com esta forma de pensar

Já penso que é esperteza

 

De quem anda a receitar

Mas não pretende a cura

Só prolongar a doença

 

Enquanto o doente respirar

Impõe-lhe uma vida dura

Assim a receita compensa.

publicado por poetazarolho às 17:13 | link do post | comentar | ver comentários (1)