Democracias

 

Uns tirinhos para o ar

Na era pós eleitoral

Que mais há a esperar

A democracia vai mal

 

Não se sabe aceitar

Resultado da negociação

Nem tão pouco respeitar

A hierarquia da votação

 

Anda o povo a reboque

De quem é rei e senhor

E só tem voz na eleição

 

Dando o voto ao escroque

Que se arma em doutor

E se faz dono da nação.

publicado por poetazarolho às 01:07 | link do post | comentar | ver comentários (1)