Espanhóis e caracóis

 

É vencer os espanhóis

Com muita força e garra

E comer uns caracóis

Muita uva e pouca parra

 

Nesta selecção de eleição

Vão abaixo umas imperiais

Noventa minutos serão

Se não forem, venham mais

 

P’ra beber no prolongamento

Não sei se estou grosso ou fino

Já nem sinto as minhas dores

 

Depois de tanto condimento

Nem consigo cantar o hino

Parabéns, hic, aos vencedores.

publicado por poetazarolho às 14:25 | link do post | comentar