Europa a quatro

 

Para a crise analisar

Outra cimeira aí vem

Em Roma terá lugar

Que vejam a crise bem

 

Com a pança a abarrotar

E bons salários também

No final podem arrotar

E olhar-nos com desdém

 

Alemanha e França allez

Arriba Itália e Espanha

Os outros ficam à porta

 

Europa a quatro já se vê

Vão conseguir a façanha

De declarar a crise morta.

publicado por poetazarolho às 18:29 | link do post | comentar | ver comentários (1)