Sábado, 03.03.12

Expansão da mente

 

Uma nova ideia na mente

Provoca a sua expansão

Einstein não se apoquente

Que a malta também não

 

A malta anda demente

No meio desta confusão

E de forma permanente

Tem a mente em contracção

 

Que de tanto a mente abrir

Às novas ideias aprovadas

Mente acaba por se confundir

 

E o corpo só leva porradas

Tantas que acaba por expandir

Mente expande é com pauladas.

publicado por poetazarolho às 18:44 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 02.03.12

Para lá do arco-íris

 

Vejo o grande capital

Com flores e o arco-íris

São flores do vil metal

Do pote de ouro são júris

 

Todo o espectro de côr

Fica cinzento de avareza

Um bilião com tanta dor

Uma dezena com riqueza

 

Era uma vez um planeta

Que apregoava mil ideais

Mas nenhum curava as dores

 

Acabou tudo na sarjeta

E não se ouviu falar mais

Nem de arco-íris nem flores.

publicado por poetazarolho às 23:12 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Favorito

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Março 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
17
20
22
25
26
29
30
31

subscrever feeds

blogs SAPO