Essência humana


Houve o terror de Birkenau
Há o de Leipzig também
Agora é que vai estar mau
Novo anjo da morte aí vem

É preciso muita concentração
Desta vez não é em campos
Está concentrada a destruição
Sinais destes novos tempos

Como é um luxo a verdade
Vão mentindo pr’a convencer
Que vai nascer uma esperança

Assim controlam a ansiedade
Mas não esperes até morrer
Ver acontecer a mudança.
publicado por poetazarolho às 15:12 | link do post | comentar | ver comentários (1)