Thanks China


A Europa atrapalhada
Já escreveu a sua carta
E a China abastada
A ajuda não descarta

Pode participar no fundo
Com uns quantos milhões
Como ao resto do mundo
Impõe as suas condições

Trabalhar mais meia hora
Por cada hora de trabalho
Sem pontes, feriados e férias

Social é para deitar fora
Na doença não me atrapalho
Enquanto fluir nas artérias.
publicado por poetazarolho às 02:59 | link do post | comentar