Conjuntura


O inferno já está a arder
Alguns ir-se-ão queimar
E no céu está a chover
Outros ir-se-ão molhar

Os que ficam molhados
Podem ir ao inferno secar
Os que ficam queimados
Vão ao céu pr’a s’enchacar

Os que atearam as chamas
Ficam aqui no purgatório
Molhar e queimar é que não

Entre muitas tricas e tramas
Treinam o seu dom oratório
Das chamas aguardam extinção.
publicado por poetazarolho às 14:36 | link do post | comentar | ver comentários (1)