Sócrates evolution®


Olhos do mundo em Portugal
No Pontal mais propriamente
A ver se não nos portamos mal
Eu digo que não seguramente

Estamos a construir a história
Na política já não há crispação
É o nosso caminho pr’á glória
O verdadeiro destino da nação

Sacrifícios suaves não existem
Resultados rápidos também não
Venha a contribuição colossal

Que eu sei vocês não desistem
Do subsídio de Natal abrem mão
Na energia sobe a factura mensal.
publicado por poetazarolho às 13:58 | link do post | comentar