O faraó


Vamos todos ao festival
Com o espírito de outrora
Que ninguém venha embora
Sem uma solução radical

Que a ditadura económica
Está a fazer-nos passar mal
Que então nasça nesse local
Uma solução faraónica

Na pirâmide que aí nascer
Façam sepultar o capital…
Parem já, não pode ser

Como iremos sobreviver
Sem ir ao centro comercial
Após o dinheiro morrer?
publicado por poetazarolho às 12:00 | link do post | comentar | ver comentários (1)