Milagres pedidos


Berlusconi meu querido
Não esteja preocupado,
-Eu a isso não sou dado
Vou ali fazer um pedido

À senhora de Caravaggio 
Ela atende-me muito bem
Ao senhor Scolari também
Assim evita-se o contágio

Ela vai acalmar o mercado
Uma vela lhe vou acender
O meu charme é um elixir

E se vir este pedido gorado
Então as coisas vão aquecer
O padrinho terá qu’intervir.
publicado por poetazarolho às 14:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)