O Vader do fraque


Soube hoje de fonte segura
D.Sebastião não volta mais
Vós que por el-rei esperais
Sabei qu’isto não tem cura

Ficará por Alcácer-Quibir
Assim publica sua majestade
Está melhor naquela cidade
Como conviva do Grão-Vizir

Esqueçamos pois o nevoeiro
Nessa manhã donde surgiria
Sua majestade qual cavaleiro

O tal Darth Vader do fraque
Surgirá nesse mesmo terreiro
Pr’a cobrar os juros do saque.
publicado por poetazarolho às 16:08 | link do post | comentar