Domingo, 15.05.11

Candidato africano


Passos Coelho está frito
Diz o douto prof Marcelo
Isso não será nada bonito
Mas surge o apelo singelo

Sou o candidato africano
Apesar de ser branquinho
Poderei até ser mexicano
Se isso der votos eu alinho

Na culinária da campanha
Tivemos o coelho à caçador
Agora já ninguém estranha

Se a próxima comidinha
Fôr um chili retemperador
Ou uma muamba de galinha.
publicado por poetazarolho às 16:43 | link do post | comentar

Campanha pentelhuda


Campanha ao nível dos mentores
Sejam engenheiros ou doutores
Pobre povo este, de sofredores
Sempre às mãos destes senhores

Emitiram cautelas de penhores
Conseguiram penhorar a vontade
De grande parte desta sociedade
Que não se revê na teia de favores

Discurso para apresentar miudezas
E esconder as imensas fraquezas
Este circo é da república o espelho

Em que o polvo absorve riquezas
E aos figurantes sem trambelho
Se oferece a discussão do pentelho.
publicado por poetazarolho às 10:59 | link do post | comentar

Never dies



Get up, stand up
Marley was the Bob
Thirty years ago gave up
But never left the top

Don’t give up to fight
Follow this man's pride
Voice gave him the right
His ideas where never hide

Don’t live to be noted
But to be missed one day
Was this great man to say

Whenever your skin colour
Worth more than shinny eyes
Never in peace a man dies.
publicado por poetazarolho às 10:22 | link do post | comentar

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Maio 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
21
28

subscrever feeds

blogs SAPO