Equidades

 

Futuro mais que imperfeito

Desta nossa sociedade

Constrói  presente perfeito

Sobre pilhas de equidade

 

Onde uns são mais iguais

Usufruindo os benefícios

Enquanto sobre os demais

Impendem os sacrifícios

 

Estas são as contingências

Da sociedade irracional

Que soubemos construir

 

Sem medir consequências

Deste erro monumental

Que nos está a destruir.

publicado por poetazarolho às 23:07 | link do post | comentar