Faça favor

 

As incorrecções factuais

Minaram a confiança

O povo não dança mais

Pr’á elite continua a dança

 

Porque gastámos demais

É hora de empobrecer

Hora de plantar quintais

Pr’a ter algo que comer

 

Em Bruxelas há lagosta

Pr’á óptima degustação

Mas não do pobre coitado

 

Aquilo é só pr’a quem gosta

São pagas por esta nação

Faça favor senhor deputado.

publicado por poetazarolho às 00:32 | link do post | comentar