Estou à rasca


Estou à rasca, vou cag..
Mas volto logo a seguir
Venho para vos ajudar
Depois de me desobstruir

A luta continua depois
Necessidades básicas já
Em vez de um saíram dois
Limpo com água e piaçá

Já voltei mais levezinho
E não estou tão enrascado
Se não fosse num instantinho

Ficava aqui enrascadinho
E não tarda estaria borrado
Nem podiam com o cheirinho.
publicado por poetazarolho às 13:11 | link do post