Quinta-feira, 04.06.20

Metamorfoses

Metamorfoses.jpg

Ao tentar enlouquecer

Fiz um esforço abismal

Fiquei louco sem saber

Sinto-me sensacional

 

Tudo parece florescer

Entre o bem e o mal

Sinto a razão morrer

No vulcão emocional

 

Fazendo parte da rotura

Metamorfose ambulante

Sinónimo de revolução

 

Sigo pleno na loucura

Carrego forte semblante

Consciente da evolução.

publicado por poetazarolho às 11:55 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 31.03.20

Resfriado global

Resfriado global.jpg

Só o humor é solução

O amor está truncado

Já passa na televisão

Um bicho todo marado

 

Dizem ser a solução

Para o mundo conspurcado

Não passa duma ilusão

Pois o rumo está traçado

 

A seguir se formará

Um tsunami capital

Com o poder aumentado

 

Toda a terra varrerá

Já nada será igual

Depois deste resfriado.

publicado por poetazarolho às 03:12 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 05.03.20

Longa caminhada

Longa caminhada.jpg

Para que então serviu

A vastidão do deserto

Com o amor aqui tão perto

Porque ei-lo, não desistiu

 

Quando tudo em volta ruiu

Era a fénix renascida

Pelo amor duma vida

Quando a dúvida persistiu

 

Em carinho repartida

Afagas e a dor foi levada

Nas faces do turbilhão

 

Vês estrias duma mão

Pedaço de alma rasgada

Sentes forte a ilusão

 

Continuas a caminhada

Levas tudo e não buscas nada.

publicado por poetazarolho às 19:52 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 22.12.19

Regresso

Regresso.jpg

Sinto a mente regressar

Mas a distância não meço

Com receio de atrapalhar

Tão fantástico regresso

 

Vem ligeira a planar

Sobre vale d’insucesso

Por certo irá aterrar

Mais além onde lhe peço

 

Mas se acaso ela falhar

Faço ponte ao pensamento

Atiro longe ao horizonte

 

Mente vazia ao meditar

Distante a cada momento

E sobre ela uma ponte.

publicado por poetazarolho às 16:40 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 11.12.19

Surrealismo

Surrealismo.jpg

Surrealismo é realidade

Não adianta a negação

Em tempos de plasticidade

Eivados de desumanização

 

Morte à busca p'la verdade

Lema urgente da revolução

Mentira trás a felicidade

Todos com grilheta na mão

 

Desçam avenidas de liberdade

Para escutar com atenção

Em jeito de novidade

 

Rimas duma nova canção

Bandeiras p'rá posteridade

Hinos avessos à razão.

publicado por poetazarolho às 07:22 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 10.11.19

O outro lado da esperança

O outro lado da esperança.jpg

A idade não tem idade

Limites nem supressões

Não assassina a mocidade

Veste sempre de calções

 

Tanto passeia p'la cidade

Vilas, aldeias, sensações

Não procura uma verdade

Tem verdades aos milhões

 

Não se limite ao infinito

Ou aos ventos de mudança

Mais além sempre voará

 

Não porque esteja escrito

No outro lado da esperança

Onde mil emoções sentirá.

publicado por poetazarolho às 15:39 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Sábado, 09.11.19

Mundo imperfeito

Mundo imperfeito.jpg

Dança em mim fogo que chora

Percorrendo todo o meu ser

Queima por dentro e por fora

Fogo que arde sem se ver

 

Se acaso se extingue agora

Desta dança o que irá ser

Por isso o meu ser implora

Arda inteiro até morrer

 

Que o espírito comandará

Qualquer sinapse imperfeita

Deste universo profundo

 

Outras mais impulsionará

E da matéria mais insuspeita

Brotará imperfeito mundo.

publicado por poetazarolho às 02:08 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 29.10.19

Verdadinha

Verdadinha.jpg

Democracia está matando

Ponto morto é corrupção

E o povo segue cantando

Com essa nova impressão

 

De que algo está mudando

Mesmo que não mude não

Não se sabe até quando

Morta que está a revolução

 

Melhor se cultivar letrando

Fazer nascer a realidade

Em cada verso da canção

 

Não pode morrer esperando

Que mude a nossa cidade

Se não muda a civilização.

publicado por poetazarolho às 21:47 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 28.10.19

Urgentemente

Urgentemente.jpg

É urgente a eternidade

Neste espaço confinado

Vencer a ambiguidade

Matar o lado cansado

 

Embrenhar-se na cidade

Como osso abocanhado

Ver brotar a felicidade

Dum parente revoltado

 

Permanecer vigilante

Muito além da Taprobana

Isto parece-me Camões

 

Mas por fim a cada instante

Ser eterno por uma semana

Sem recusar intromissões.

publicado por poetazarolho às 23:09 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 26.10.19

Mundo Dior

Mundo Dior.jpg

Se habitas o mundo cão

Faz-te ao mar como Diogo

Manda erguer o teu padrão

Numa arriba lá p'ró Togo

 

Se habitas na civilização

Podes escolher outr'epílogo

Não esqueças a animação

Usa sempre muito fogo

 

Não necessitas justificação

Tudo pode arder ao redor

Pois representa a evolução

 

P'ra outro mundo em fusão

Novo mundo de esplendor

Que nem se põe em questão.

publicado por poetazarolho às 05:24 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Favorito

mais sobre mim

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

Junho 2020

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

subscrever feeds

blogs SAPO