Valor dos valores

Valor dos valores.jpg

Já morreu a tolerância

A ética não fica atrás

Honestidade à distância

E a verdade não apraz

 

Respeito com relutância

Tão somente o fingirás

Baseado na ganância

Teu mundo construirás

 

Pois não há quem invista

Em valores sem tradução

Numa moeda corrente

 

E se houver quem insista

Noutro tipo de valorização

Será considerado demente.

publicado por poetazarolho às 23:41 | link do post | comentar