Twittemos

Twittemos.jpg

A incapacidade instalou

Sua versão no universo

O conhecimento corou

Já nem existia disperso

 

Cada responsável twittou

Uma ideia e o seu inverso

É o estado a que isto chegou

Sem que se adivinhe regresso

 

O exemplo devemos seguir

Façamos nossa esta bandeira

Ou sua asneira redobremos

 

Muitos twitts devemos parir

Tudo a bem da bandalheira

Twittemos, twuittemos, twittemos.

publicado por poetazarolho às 23:48 | link do post | comentar