Quinta dimensão

Quinta dimensão.jpg

Numa certa ocasião

Fixei-me no teu olhar

Esqueci-me do balão

Que se elevou no ar

 

Tu pegaste-me na mão

Como p’ra me consolar

Não pude dizer que não

A essa forma de estar

 

No reino da ilusão

Onde consegui entrar

Com tão preciosa ajuda

 

Era a quinta dimensão

Onde se o balão rebentar

A realidade não muda.

 

publicado por poetazarolho às 21:53 | link do post | comentar