Na palma da mão

Na palma da mão.jpg

Viver não é a opção

Nem morrer alternativa

Perigosa esta situação

Que nos deixa à deriva

 

Em busca duma solução

Essa que da paz nos priva

Depara-se-nos a ilusão

De que a vida nos cativa

 

E o fogo sempre à espreita

Nas vielas deste dilema

Aquece-nos o coração

 

Por esta passagem estreita

Cabe a vida e um poema

E o mundo na palma da mão.

publicado por poetazarolho às 18:36 | link do post | comentar