Disfunções

Disfunções.jpg

Nosso modo de pensar

Embrulhado em cifrões

Faz o pensamento parar

Quando se fala em milhões

 

Podem até tudo queimar

Ardendo as populações

Deixar-se tudo roubar

Dos rockets às munições.

 

Deverá um dia mudar

Pensará sem hesitações

Quem não se deixa toldar

 

Por semelhantes aberrações,

Quem não pensa está a tratar

De os eliminar de funções.

publicado por poetazarolho às 23:48 | link do post | comentar